Obra de Heidi Bucher recebe retrospectiva na Mendes Wood DM

Obra de Heidi Bucher recebe retrospectiva na Mendes Wood DM

Escrito em 29/04/2022

Conhecida pelo desenvolvimento de novas técnicas e por problematizar paradigmas por meio da arte, Heidi Bucher foi um expoente do século XX
Instalação de Heidi Bucher apresentada pela Galeria Mendes Wood DM, na cidade de Bruxelas, em 2022 (Crédito: Kristien Daem)

A artista suíça Heidi Bucher e sua arte contestadora e experimental marcaram a cena da arte contemporânea da segunda metade do século XX. Bucher é conhecida por colocar em pauta assuntos como a submissão e dependência da mulher em relação ao homem na sociedade, assim como as estruturas do patriarcado e a emancipação e o reconhecimento da mulher enquanto artista.

No início de sua carreira, em meados da década de 1970, Bucher produziu algumas obras memoráveis e inovadores, como o trabalho Bodyshells, espécies de esculturas-roupa produzidas por Heidi e seu então parceiro Carl Bucher. Desta obra, resta apenas um filme em 8mm de sua apresentação em Venice Beach, na ocasião de uma mostra individual do casal que aconteceu em 1972, no County Museum of Art, em Los Angeles. 

Closet (Armário), Heidi Bucher, 1979. (Crédito: Kristien Daem)

Mais tarde, após passar uma temporada com a família no Canadá e se separar de seu parceiro, Heidi Bucher inaugura uma nova fase de seu trabalho. Durante este período, a artista começa a explorar sua preocupação com o corpo humano e a psique inseridos nos espaços públicos e privados e também com as normas sociais e as condições de gênero. Voltando-se para o próprio corpo e a objetos pessoais, a artista desenvolve uma nova técnica na qual ela reveste o interior da antiga casa de sua família com tecido ensopado de látex, puxando-o depois de seco de forma a “descascar” as paredes. Esta obra, junto a outras experimentações anteriores da técnica, deram origem à sua famosa série Skinnings

Wandbehang (Papel de Parede), Heidi Budher, 1977. (Crédito: Kristien Daem)

A casa de sua família representava proteção e abrigo, mas também representava a essência do patriarcado e o papel estratificado da mulher na sociedade. Relacionando estas obras a um processo de metamorfose, Heidi traz de uma maneira essencialmente artística uma forma de contestar os padrões sociais da época. 

Com um rico acervo, a exposição em cartaz na Galeria Mendes Wood DM de Bruxelas apresenta uma retrospectiva do trabalho de Bucher, durante a qual será possível visitar obras de diversos períodos distintos da produção da artista como seus desenhos iniciais, aquarelas, skinnings e esculturas. 

Serviço

Heidi Bucher

Local: Galeria Mendes Wood DM

Endereço: Rue des Sablons 13, 1000 Bruxelles, Bélgica

Data: 26 de abril a 28 de maio de 2022

Funcionamento: Terça a sábado, das 11h às 19h. 

Ingresso: Grátis