Superfície abre mostra de Leonilson curada por Lisette Lagnado

Superfície abre mostra de Leonilson curada por Lisette Lagnado

Escrito em 30/03/2022

O pescador de palavras, 1986, Leonilson; ©Edouard Fraipont / Projeto Leonilson
O pescador de palavras, 1986, Leonilson; ©Edouard Fraipont / Projeto Leonilson

O recorte da mostra Leonilson – Que sejam muitas as manhãs de Verão que abre no próximo domingo, 3.4, na Superfície, pretende destacar a afinidade do artista cearense (1957-1993) com a obra de Konstantinos Kavafís (1863-1933), um dos maiores poetas em idioma grego do século 20.

[El Mirage], 1991, Leonilson; © Vitor Butkus / Projeto Leonilson
[El Mirage], 1991, Leonilson; © Vitor Butkus / Projeto Leonilson

A curadoria da exposição é da crítica, professora e curadora Lisette Lagnado, autora da primeira monografia e retrospectiva do artista, realizada em 1995.

Serão apresentados cerca de 20 trabalhos, entre desenho, pintura, bordado e escultura. Os visitantes poderão passear pelas obras levando consigo uma seleção de poemas impressos de Kavafís.

Subject of the morning, c. 1991, Leonilson; © Rubens Chiri / Projeto Leonilson
Subject of the morning, c. 1991, Leonilson; © Rubens Chiri / Projeto Leonilson

Apoiados na autobiografia, ambos destacaram o prazer de um Eros sempre pulsante e a melancolia do encontro dos corpos. O paralelo entre os dois, aliás, foi discutido na última entrevista concedida por Leonilson antes de morrer, aos 36 anos. 

Leonilson — Que sejam muitas as manhãs de Verão

Data: 3 de abril a 4 de junho de 2022 

Local: Galeria Superfície

Endereço: r. Oscar Freire, 240 – Jardim Paulista

Funcionamento: terça a sexta-feira, das 10h às 19h, sábado, das 11h às 17h

Ingresso: grátis