Anna Bella Geiger ganha nova mostra no Rio de Janeiro

Anna Bella Geiger ganha nova mostra no Rio de Janeiro

Escrito em 23/03/2022

Exposição na Danielian Galeria reúne cerca de 50 trabalhos, incluindo obras já conhecidas e sua produção mais recente

A inquietante obra de Anna Bella Geiger ganha novo recorte na exposição Entre os vetores do mundo, que abre no próximo sábado, 26.3, na Danielian Galeria, no Rio de Janeiro. Lá, o público poderá conferir cerca de 50 trabalhos da artista carioca, entre obras icônicas e inéditas.

“A experimentação e a pesquisa determinam os vetores criativos de Anna Bella Geiger. Sua liberdade criativa se manifesta em diversos suportes e materiais. Por meio de apropriações, deslocamentos e ressignificações a artista incorpora questionamentos que perpassam toda a sua produção”, escrevem Marcus de Lontra Costa, curador da mostra, e Rafael Fortes Peixoto, co-curador, para o texto de parede.

América Latina, 1977, Anna Bella Geiger; foto: Jaime Acioli
América Latina, 1977, Anna Bella Geiger; foto: Jaime Acioli

Das obras históricas, estarão presentes alguns Viscerais, gravuras e aquarelas dos anos 1960, jogos entre fotografias e cartões-postais realizados em séries como Brasil nativo/Brasil alienígena (1976/1977), cadernos de artistas inspirados em antigas cartilhas escolares e pinturas da série Macios

Cais & Ocean e Bereshith com Flor, 2013, Anna Bella Geiger; foto: Jaime Acioli
Cais & Ocean e Bereshith com Flor, 2013, Anna Bella Geiger; foto: Jaime Acioli

Já da produção mais recente, destacam-se as gavetas criadas por Geiger que fundem referências geográficas com símbolos, linhas e formas. Além disso, serão exibidos desdobramentos de séries que a artista vem realizando sem interrupção desde os anos 1970, como Burocracia e RroseSelavy, resultado de intervenções em jornais inspiradas na prática de Marcel Duchamp. 

Burocracia, 2012, Anna Bella Geiger; foto: Fernando Costa
Burocracia, 2012, Anna Bella Geiger; foto: Fernando Costa

Completa a exposição a montagem da videoinstalação Circa (2006), em que a artista recria as ruínas de um sítio arqueológico. O trabalho foi mostrado anteriormente apenas na Fundação Eva Klabin e na 27ª Bienal de São Paulo. 

Pela ocasião da mostra, a artista lançará uma gravura em edição especial limitada a partir da obra Correntes Culturais (1976), na qual utiliza uma máquina de escrever para interferir sobre o mapa-múndi, jogando, de maneira crítica, com os conceitos de correntes culturais dominantes e dependentes.

Anna Bella – Entre os vetores do mundo

Data: 26 de março a 14 de maio de 2022

Local: Danielian Galeria

Endereço: r. Major Rubens Vaz, 414 – Gávea

Funcionamento: Segunda a sexta, das 11h às 19h

Ingresso: grátis