Almeida & Dale aborda transformações do Foto Cine Clube Bandeirante

Almeida & Dale aborda transformações do Foto Cine Clube Bandeirante

Escrito em 27/01/2022

Mostra integra comemorações do aniversário de São Paulo e da Semana de 22 e reúne 137 fotografias de 40 artistas
Sem título, sem data, de Victorio Micheletti

A partir da década de 1940, a arquitetura, os retratos, as cenas de rua e a natureza foram reinterpretadas por integrantes do Foto Cine Clube Bandeirante (FCCB) ganhando aspectos geométricos e com experimentações de jogos de luz, sombra, ritmos e planos.

O FCCB, fundado em São Paulo em 1939, reuniu fotógrafos alinhados com o movimento conhecido como Escola Paulista, um dos pilares da fotografia moderna no Brasil. O grupo, berço de grandes nomes como German Lorca e Thomas Farkas, foi decisivo para transformar a linguagem imagética no país.

Em comemoração ao aniversário de São Paulo e ao centenário da Semana de Arte Moderna, que vai pautar ou, pelo menos, dialogar com grande parte dos eventos de artes visuais deste ano, a Almeida & Dale Galeria de Arte abre a exposição Foto Cine Clube Bandeirante: Itinerários globais, estéticas em transformação no próximo sábado, 29 de janeiro.

“São eles [integrantes do FCCB] que representam a expansão do espírito modernizador da semana de 22 e esta contribuição foi fundamental para a modernização da fotografia brasileira, colocando-a como um projeto coletivo artístico do Brasil para o mundo”, afirmam os curadores Iatã Cannabrava e José Antonio Navarrete. 

Dama & cavalheiros, circa 1976, de Jerzy Reichmann

O recorte da mostra será de 1940 a 80, com ênfase nos anos 1960 e 70, e trará 137 fotografias de 40 artistas, incluindo nomes menos e mais conhecidos, e mulheres precursoras como Barbara Mors, Gertrudes Altschul e Madalena Schwartz. Além das fotografias, serão apresentados boletins e catálogos. 

Sol e vento, circa 1950, de Barbara Mors

Fotoclubismo em evidência

A exposição dá continuidade ao destaque que tem sido dado ao fotoclubismo e a fotógrafos que participaram do clube. Nos últimos anos, o movimento teve espaço na SP-Foto de 2020, no MoMA (que promoveu, no primeiro semestre de 2021, uma retrospectiva sobre a fotografia moderna brasileira) e na individual de Gertrudes Altschul do MASP — em cartaz na instituição até o próximo domingo, 30 de janeiro. Geraldo de Barros (Itaú Cultural e Luciana Brito Galeria) e Madalena Schwartz (IMS Paulista) também ganharam mostras no ano passado. 

Paz, circa 1950, de Sergio Trevellin

Nessa linha, a Almeida & Dale iniciou, em abril de 2021, um processo de resgate, conservação e restauro da fotografia moderna brasileira por meio da inauguração de um setor dedicado à técnica, com exposições, preservação de patrimônio e interlocução com curadores, artistas e pesquisadores.

Foto Cine Clube Bandeirante: Itinerários globais, estéticas em transformação

Data: 29 de janeiro a 19 de março de 2022

Local: Almeida & Dale Galeria de Arte

Endereço: Rua Caconde, 152 – Jd. Paulista

Funcionamento: segunda a sexta, das 10h às 18h (entrada até 17h); sábado, das 10h às 16h (entrada até 15h)

Ingresso: grátis