Espaços culturais e galerias celebram 100 anos de Amilcar de Castro

Espaços culturais e galerias celebram 100 anos de Amilcar de Castro

Escrito em 12/11/2020

Lugares em Minas Gerais e em São Paulo homenageiam o artista mineiro que se tornou um dos nomes mais importantes da arte contemporânea do país

Um artista de múltiplas atividades, Amilcar de Castro teria completado 100 anos em 2020. Ao longo deste ano, várias exposições e outras ações foram realizadas para homenagear o artista mineiro. Somando-se a esse movimento, a Paulo Darzé Galeria, de Salvador, apresenta “Amilcar de Castro – 100 anos”, uma mostra presencial e virtual que reúne 56 trabalhos, entre esculturas e desenhos do artista.

Para visitar a versão presencial da mostra é preciso agendar horário por telefone. Já para acessá-la virtualmente, basta entrar no site da galeria. Como forma de expandir a exposição para outras plataformas, a galeria também tem utilizado suas redes sociais, como Instagram e Facebook, como áreas para onde a mostra transborda.

O público poderá ver imagens das obras, fotos da exposição e o catálogo da exposição com depoimentos de familiares e artistas, uma biografia e um texto crítico de Ferreira Gullar. Na abertura da publicação temos um depoimento do galerista Paulo Darzé.

Vista da exposição Jogos Atávicos, com obras de Amilcar, Antonio Bokel e Ricardo Homen.

Em espaço da AM Galeria em São Paulo, Amilcar também tem obras na exposição coletiva Jogos Atávicos, que tem também trabalhos de Antonio Bokel e Ricardo Homen. “O gesto, a forma e a matéria unificam-se aqui, na AM Galeria, para acompanhar três diferentes formas de criar, mas com um objetivo em comum, a de desenvolver uma linguagem tão profunda que retorna a tocar o mais atávico que temos em nós: a simplicidade”, diz a curadora Ana Carolina Ralston.

Em julho, a Dan Galeria, em São Paulo, também realizou uma mostra para celebrar o centenário do artista, com o mesmo título da que está acontecendo agora na AM! Realizada em parceria com o Instituto Amilcar de Castro, foram apresentadas obras inéditas com curadoria de Rodrigo de Castro, filho do artista e representante do instituto. Além de esculturas, pinturas em grandes dimensões e desenhos são apresentados na mostra. O público ainda pode visitar a exposição virtualmente por meio viewing room da galeria, onde estão disponíveis fotos e vídeos das obras, e a cronologia do artista.

Outra exposição com curadoria do filho do artista acontece no Galeria do Centro Cultural Minas Tênis Clube (CCMTC), em Belo Horizonte, a partir do dia 12 de novembro! Amilcar de Castro – Matéria e Luz irá ficar na Galeria do Centro Cultural Minas Tênis Clube (CCMTC) até 24 de janeiro de 2021. A entrada é gratuita e, por causa da pandemia de Covid-19, a capacidade de visitantes é limitada a 30 pessoas.

A exposição ‘Amilcar de Castro – Matéria e luz’ no CCMTC. Foto: Orlando Bento