João GG propõe imersão em site-specific em mostra individual na Verve

João GG propõe imersão em site-specific em mostra individual na Verve

Escrito em 05/11/2020

Artista convida o público a ter um olhar para si em exposição que marca a reabertura da galeria paulistana e que traz 20 convidados para narrar áudio-guia
João GG, Faz calor em Fitzcarraldo. FOTO: Ana Pigosso

“GG nos apresenta um quebra-cabeça de mitologias particulares que mostram deidades, entidades que afloram em meio a pedras raras, bibelôs de sua narrativa pessoal e objetos sem pedigree, tudo misturado, provocando o nosso senso de valor”, é assim que o curador Diego Mauro sintetiza a mostra Academia de Anti-heróis, do artista João GG, que abre na Verve Galeria, em São Paulo, nesta quinta-feira, 5 de novembro.

GG apresenta 26 trabalhos montados como pequenas instalações e em blocos de gesso que são distribuídas pela galeria, que configuram, ao todo, uma grande instalação site-specific, que convida o público a uma imersão. Junto a esses trabalhos, está um áudio-guia que acompanha todos eles, feito em colaboração com 20 pessoas que foram convidadas pelo artista. No áudio, os convidados traçam uma narrativa a partir de leituras de textos que podem configurar fábulas, mitos, situações incomuns, absurdas ou absolutamente banais.

Vista da exposição. FOTO: Ana Pigosso

Em Academia de Anti-heróis, GG buscou desenvolver blocos que servem como uma “unidade básica”, todos eles feitos com materiais que possuem alguma carga histórica, mas que são vinculados a objetos muito simples dos dias atuais que tem as mais diversas origens, compondo narrativas mais abrangentes que não se limitam a tempo e espaço. Desta forma, traz um “extenso léxico de informações e narrativas distintas nos trabalhos”, como ele mesmo define.

A galeria abre a exposição em 5 de novembro, mantendo ela em cartaz durante todo o período de um mês, até o dia 5 de dezembro. É a primeira mostra que a Verve realiza após a reabertura. Por isso, é preciso prestar atenção nos protocolos de segurança que a galeria segue e que devem ser respeitados pelos visitantes.

João GG, D Atena para Giotto. FOTO: Ana Pigosso

Além das recomendações sanitárias mínimas, como o distanciamento social, o uso de máscara e o uso de álcool em gel para higienizar as mais, a galeria aponta que serão recebidos grupos de até 4 pessoas por vez na área expositiva. A decisão não afeta, porém, a experiência do visitante dentro da instalação, que tem caráter imersivo. Muito pelo contrário, ela vai de encontro à proposta de alteração de ritmo e de percepção que é trazida por Academia de Anti-heróis a partir de um complexo jogo de luzes que cria microclimas a cada etapa percorrida.

João GG: Academia de Anti-heróis
Data: 5 de novembro a 5 de dezembro de 2020.
Local: Verve Galeria (R. Lisboa, 285)