Jenny Holzer cria obra para ajudar no combate à AIDS

Jenny Holzer cria obra para ajudar no combate à AIDS

Escrito em 29/07/2020

Jenny Holzer
URGE AND URGE AND URGE, de Jenny Holzer

Uma das mais influentes figuras da cena artística internacional, a americana Jenny Holzer fez uma parceria com a Avant Arte para criar edições de uma obra cuja boa parte do lucro das vendas será doada para o Memorial da Aids de Nova Iorque.

A obra, intitulada URGE AND URGE AND URGE, consiste em um frasco de farmácia de vidro reciclado feito à mão cheio de preservativos com embalagens vermelhas, pretas, brancas e douradas e com algumas das famosas frases usadas nas obras da artista. Aqui, no entanto, elas ganham outros sentidos: “PROTECT ME FROM WHAT I WANT, por exemplo, já esteve em letreiros em diversas cidades ganhando diferentes conotações dependendo do local e período em que ela é instalada. A mesma frase estampada num preservativo abre novas possibilidades de interpretação.

URGE AND URGE AND URGE, de Jenny Holzer
URGE AND URGE AND URGE, de Jenny Holzer
URGE AND URGE AND URGE, de Jenny Holzer
URGE AND URGE AND URGE, de Jenny Holzer

A relação da artista com a doença e suas consequências é antiga. Em 2016, a artista gravou no piso de granito do então novo Memorial da Aids no West Village, trechos do poema de Walt Whitman, de 1855, “SONGS OF MYSELF”- frase também foi estampada nas camisinhas. O trabalho do memorial foi dedicado aos mais de 100.000 nova-iorquinos que morreram desde o início da epidemia há cerca de 40 anos. Em 2018, Holzer fez mais uma intervenção urbana para chamar a atenção para o problema: no dia mundial da Aids daquele ano, ela expôs uma série de LEDs em caminhões com frases como “SELF KEEP GOING” ou “I HAD SOMEONE ONCE”. Entre as mensagens da obra feita com a Avant Arte, será possível encontrar, ainda, “EXPIRING FOR LOVE IS BEAUTIFUL BUT STUPID,” and “MEN DON’T PROTECT YOU ANYMORE”. Para refletir.

Memorial da AIDS de Nova Iorque
Memorial da AIDS de Nova Iorque
Memorial da Aids de Nova Iorque
No piso do Memorial, a artista gravou trechos do poema “SONGS OF MYSELF”, escrito por Walt Whitman em 1855
Obra de Jenny Holzer para lembrar o Dia Mundial da AIDS em 2018
Obra de Jenny Holzer para lembrar o Dia Mundial da AIDS em 2018