Era uma vez o moderno no Centro Cultural Fiesp

Era uma vez o moderno no Centro Cultural Fiesp

1313 Av. Paulista Cerqueira César

A partir de Sexta-feira, 10 Dezembro 2021 às 14:00 até Domingo, 29 Maio 2022 às 23:00

Pensamentos, esboços e a plasticidade das obras e manuscritos apresentados, ressaltam a importância do movimento modernista no Brasil, a exposição Era uma vez o Moderno [1910-1944], conta com a curadoria de Luiz Armando Bagolin e Fabrício Reiner, foi desenvolvida em uma parceria entre Centro Cultural Fiesp e Instituto de Estudos Brasileiros da Universidade de São Paulo, acontece na galeria central da primeira instituição no período de 10 de dezembro de 2021 a 29 de maio de 2022.  

A mostra reúne diários, cartas, manuscritos, fotos e obras dos artistas e intelectuais que fizeram parte de diversas iniciativas em torno da implantação de uma arte moderna no Brasil, entre 1910 e 1944. Contando com mais de 300 obras e documentos, fará o público revisitar três décadas dessa história e, em especial, conhecer as produções dos autores e pensadores que participaram da Semana de Arte Moderna, em 1922, cujo centenário se dá em 2022.

O público encontrará as obras e reflexões de Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Tarsila do Amaral, Anita Malfatti, Manuel Bandeira, Cícero Dias, Di Cavalcanti, Osvaldo Goeldi, Ismael Néry, Guilherme de Almeida, Gilberto Freire, entre muitos outros.