ARTEQUEACONTECE
25Nov
Bienal de São Paulo: Vento
s/n Av. Pedro Álvares Cabral Vila Mariana
Nov 14 - Dez 13
Intitulada a partir do filme Wind [Vento] (1968), de Joan Jonas, a exposição composta majoritariamente por obras desmaterializadas, em áudio e vídeo, busca ressaltar uma sensação de espaço e distância que raramente pode ser experimentada pelo público. Nenhuma parede expositiva será construída, e a arquitetura do Pavilhão Ciccillo Matarazzo ficará em seu estado natural, acolhendo as obras diretamente, sem elementos que possam criar uma mediação entre a escala humana dos trabalhos e as dimensões monumentais do Pavilhão. No dia 13 de novembro, às 18h, a mostra será inaugurada com uma performance de Paulo Nazareth no edifício fechado (sem público presencial), que poderá ser acompanhada ao vivo pelo Instagram da Bienal.
Galeria Kogan Amaro: Daniel Lannes
1054 Alameda Franca Jardim Paulista
Out 31 - Nov 29
A ideia de escapar da realidade, dilatar o prazer e criar livremente, sem regras impostas pela sociedade, movem as novas criações do artista Daniel Lannes. O resultado disto será apresentado na exposição inédita Pernoite, em cartaz a partir de 31 de outubro na Galeria Kogan Amaro. O período de isolamento social imposto pela pandemia desencadeou no artista a necessidade de trabalhar com novos suportes e materiais. Lannes, que sempre se inspirou em fotografias para criar suas obras, usou carvão sobre papel para dar vida ao conjunto de 11 pinturas e cerca de 20 desenhos que compõem a exposição.
Galeria Raquel Arnaud: Wolfram Ullrich
125 R. Fidalga Vila Madalena
Out 27 - Dez 19
A individual de Wolfram Ullrich é retomada pela Galeria Raquel Arnaud depois de a inauguração prevista para março ter sido suspensa pela pandemia, quando o artista, que mora na Alemanha, veio a São Paulo especialmente para o evento. Agora, ele volta ao país para acompanhar a mostra e lançar seu novo livro Wolfram Ullrich's oeuvre over the past four decades. A exposição pode ser visitada mediante hora marcada e em grupos de até 10 pessoas, de segunda a sábado, das 11h às 19h. O pátio aberto da galeria será ativado no período da tarde para entreter as crianças, facilitando a visita dos pais.
Sesc Pompeia: Farsa
93 R. Clélia Água Branca
Out 20 - Jan 30
Com curadoria de Marta Mestre e curadoria adjunta de Pollyana Quintella, ‘FARSA’ investiga desafios da língua e da linguagem por meio de trabalhos de mais de 50 artistas históricos e contemporâneos. Público poderá visitar gratuitamente mediante agendamento prévio feito na página da unidade na internet. No Sesc retomada de atividades presenciais segue protocolo de órgãos de saúde pública para evitar o contágio e disseminação da Covid-19.
Casa do Parque
1300 Av. Prof. Fonseca Rodrigues Alto de Pinheiros
Out 17 - Fev 28
A Casa de Cultura do Parque , localizada na zona oeste de São Paulo, reabriu no último sábado 17 de outubro, após um tempo fechada devido à pandemia. Para a alegria do público, um ciclo expositivo com duas mostras individuais e uma mostra coletiva brinda essa reabertura. O espaço tem seguido as orientações sanitárias protocolares e adota horário de visitação reduzido: das 11h às 17h, de quarta-feira a domingo. Na galeria principal, a exposição "Entre tanto" traz um compilado de 33 obras de três pintores bastante importantes no cenário brasileiro contemporâneo! Além dessa coletiva, estão instaladas na Casa as individuais Pátria amada?, de Edgar Racy, contemplada pelo Projeto Varanda, e Imagem e ação, de Thomaz Rosa, compondo o Projeto Gabinete!
Marilia Razuk: Horizontes - Lorenzato e Bruno Faria
131 R. Jerônimo da Veiga Itaim Bibi
Out 21 - Dez 21
Homenageando os 120 anos do artista mineiro Lorenzato, as galerias Marília Razuk (São Paulo) e Periscópio (Belo Horizonte) apresentam, em parceria inédita, a exposição Horizontes: Lorenzato e Bruno Faria. A mostra traz texto da curadora e crítica de arte independente Kiki Mazzucchelli, e traça um diálogo entre dois artistas de gerações distintas, mas que lançam seus olhares sobre um importante gênero da história da arte: a Paisagem. O público poderá visitar a exposição a partir de 21 de outubro em um Viewing Room no site da Galeria Marília Razuk, ou presencialmente, com horário agendado pelo telefone (11) 96082-3111 e seguindo os protocolos de saúde e higiene para evitar a disseminação e contaminação do Covid-19.
MIS-SP: John Lennon em Nova York por Bob Gruen
158 Av. Europa Jardim Europa
Mar 13 - Jan 31
Comprar ingresso
Mostra revela o dia a dia do músico na cidade de Nova York entre os anos de 1971 e 1980 por meio de imagens registradas por Bob Gruen, um dos maiores fotógrafos da cena rock´n´roll mundial. A exposição integra as comemorações do aniversário de 50 anos do MIS, celebrados em 29 de maio de 2020. Numa grande comemoração aos 80 anos de nascimento e 40 anos de legado de John Lennon (1940-1980), um dos maiores músicos da história, a exposição exibe imagens do fotógrafo Bob Gruen do dia a dia de John Lennon em Nova York. Gruen vem para a semana de abertura da mostra e realiza um bate-papo aberto ao público no auditório do museu no dia 14 de março às 14h. Programação paralela A mostra conta com uma extensa programação paralela que envolve shows, bate-papo e sessão de autógrafo com Bob Gruen, feira de discos, festival de bandas cover, cursos e atividades infantis, além de uma edição especial do Cinematographo, com o filme Yellow Submarine musicado ao vivo.
MAM SP - Antonio Dias: Derrotas e Vitórias
Ibirapuera Park s/n° Av. Pedro Álvares Cabral
Out 13 - Mar 21
Ao falecer, em agosto de 2018, Antonio Dias havia reunido uma coleção das próprias obras que recobria toda sua trajetória artística. O conjunto compunha-se tanto de peças de que ele nunca havia se separado, como de outras recompradas de terceiros para quem tinham sido vendidas. Tratava-se, pois, de uma representação de si mesmo intencionalmente construída, mantida e guardada. A atitude de colecionar-se manifesta um aspecto essencial do artista: Antonio Dias cultivou uma ética do trabalho que permite compreender seu percurso a partir de posicionamentos claramente formulados por ele. Assim, a escolha dos componentes desta coleção testemunha atenção para com princípios que acompanharam o artista ao longo de sua vida e que deviam ser mantidos próximos a si.
FAMA Museu
Nov 14 - Jan 31
A Fábrica de Arte Marcos Amaro, em Itu, anunciou sua reabertura para este sábado, 14 de novembro, a partir das 14h. Adotando protocolos sanitários para a segurança do público, serão indispensáveis o uso de máscaras tanto no espaço do FAMA Museu e quanto no espaço do FAMA Campo. Além disso, outras medidas foram adotadas, como tapetes sanitizantes nas portas das salas de exposição e verificação da temperatura nas entradas. A reabertura contará com 3 mostras simultâneas:
Verve Galeria - João GG: Academia de Anti-heróis
285 R. Lisboa Pinheiros
Nov 5 - Dez 5
 
CCSP: 30ª edição do Programa de Exposições
1000 Rua Vergueiro Paraíso
Nov 21 - Mar 28
Abre hoje no CCSP a 30ª edição do Programa de Exposições - um programa que vem estimulando e selecionando, por meio de edital público, artistas emergentes e consagrados de todas as regiões do país. A versão 2020 marca também uma inflexão importante no curso do Programa, com a presença majoritária de artistas não-brancos e de origens regionais diversas, expressão inequívoca da mudança de cenário que as artes contemporâneas têm passado em anos recentes no Brasil. Entre os 14 selecionados, muitos já estiveram aqui no AQA pela relevância de seus trabalhos. Vale a visita para conhecer melhor o trabalho de cada um: Alice Lara, com a série de pinturas As Ordens No Paraíso; a dupla Amador e Jr. Segurança Patrimonial Ltda. perfaz segurança patrimonial em série de performances; Ana Clara Tito apresenta Fígado, composto por movimentos, momentos e (im)possibilidades; Bruno Novaes nos convida ao Intervalo; Charlene Bicalho alerta para o fato de que a água, não…
Pinacoteca de São Paulo: OSGEMEOS
2 Praça da Luz Luz
Out 15 - Fev 22
A Pinacoteca de São Paulo, museu da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo exibe, de 28 de março a 3 de agosto de 2020, OSGEMEOS: Segredos, primeira exposição panorâmica da dupla de artistas formada pelos irmãos Otávio e Gustavo Pandolfo (São Paulo, 1974). Com mais de 60 trabalhos, sendo cerca de 50 inéditos ou nunca exibidos no país, desse rico imaginário, a exposição contribui para a expansão do entendimento das relações entre arte e urbanidade, reflexão que marca o ano de 2020 na Pinacoteca. A dupla construiu uma trajetória no mundo das artes sem nunca ter perdido de vista o desejo de manter-se acessível ao grande público. Esse percurso inclui a participação em mostras nas principais instituições internacionais, como o Hamburger Bahnhof, em Berlim, em 2019, com um projeto concebido em parceria com o grupo berlinense de breakdance Flying Steps – um dos mais premiados mundialmente; a Vancouver Biennale, Canada (2014); o MOCA –…
Pinacoteca - Joan Jonas: Cinco Décadas
66 Largo Galeria Osório Santa Ifigênia
Out 15 - Fev 8
Comprar ingresso
A Pinacoteca de São Paulo apresenta Joan Jonas: Cinco Décadas, primeira exposição individual na América do Sul da pioneira da videoarte e da performance, Joan Jonas.  Com curadoria de Berta Sichel, mostra acontece nas salas de exposição do 4° andar da Estação Pinacoteca e é formada por 11 obras, dentre elas três instalações de grande escala. “A arte de Joan Jonas é fundamental para o desenvolvimento de muitos gêneros artísticos contemporâneos, como performance, vídeo, arte conceitual e crossovers para teatro e dança. Ela tem influenciado gerações de artistas e há muito se faz necessário apresentar seu trabalho em profundidade ao público brasileiro”, afirma  Jochen Volz, diretor-geral da Pinacoteca. 
IMS Paulista: Paz Errázuriz
2424 Av. Paulista Bela Vista
Mar 17 - Jan 3
A fotógrafa chilena Paz Errázuriz (Santiago, 1944) iniciou sua carreira autodidata durante os violentos anos 1970, quando se instaurava em seu país a ditadura militar de Pinochet. Seu trabalho se concentra sobretudo em pessoas e espaços que por diversos motivos foram deslocados para as margens da sociedade, não raro sendo também reprimidos pelo Estado por transgredirem as regras vigentes. Primeira grande retrospectiva da artista, esta exposição percorre suas principais séries fotográficas. Indivíduos internados em hospitais psiquiátricos, travestis, membros de circos precários, prostitutas, lutadores de boxe amador, cegos, pessoas em situação de rua, idosos, uma etnia indígena em vias de extinção: todos surgem, nos retratos majoritariamente em preto e branco de Errázuriz, com inteireza e dignidade, resultado de um processo criativo baseado na convivência e que preza pela construção de um vínculo de confiança e respeito mútuos.