ARTEQUEACONTECE
10Fev
Raio-que-o-parta no SESC 24 de Maio
109 R. 24 de Maio República
Fev 10 - Ago 7
Entre os dias 10 de fevereiro e 07 de agosto de 2022, o Sesc São Paulo apresenta, na unidade 24 de Maio, localizada no centro da capital paulista, a exposição inédita Raio-que-o-parta: ficções do moderno no Brasil. Com curadoria dos pesquisadores Aldrin Figueiredo, Clarissa Diniz, Divino Sobral, Marcelo Campos, Paula Ramos, Raphael Fonseca e consultoria de Fernanda Pitta, a mostra integra a ação em rede do Sesc São Paulo, Diversos 22 – Projetos, Memórias, Conexões, em razão das efemérides do centenário da Semana de Arte Moderna e do Bicentenário da Independência do Brasil. Com o objetivo de refletir criticamente sobre essas datas, analisando-as em contextos históricos sobre a modernização do território brasileiro, o que simbolizaram no passado e o que mobilizam no presente em projeto para o futuro, a mostra traz cerca de 600 obras de 200 artistas, como Lídia Baís, Mestre Zumba, Genaro de Carvalho, Anita Malfatti, Tomie Ohtake, Raimundo Cela, Pagu, Alberto da…
Moderno Eu no Museu Lasar Segall
111 Rua Berta Vila Mariana
Abr 30 - Jun 30
Com a exposição Moderno Eu o Museu Lasar Segall participa das celebrações em torno do centenário da Semana de Arte Moderna de 1922. Ainda que Segall não vivesse no país naquele ano, sua contribuição ao movimento de renovação estética no Brasil é notável, desde sua primeira passagem pelo país, em 1913, até as diversas ocasiões em que, a partir de 1924, o artista se empenhou na aproximação da arte moderna com o público brasileiro.
Sebastião Salgado no SESC Pompeia
93 R. Clélia Água Branca
Fev 15 - Jul 10
Após ter terminado Gênesis, sua exploração fotográfica da natureza ainda intacta do nosso planeta, Sebastião Salgado orientou seu olhar em direção ao seu país natal, o Brasil, e mais precisamente a Amazônia. A fim de realizar esse novo projeto, ele passou longas temporadas junto com doze comunidades indígenas isoladas, navegou no gigantesco Rio Amazonas e seus afluentes e sobrevoou a densa floresta tropical com suas fronteiras montanhosas mais áridas. Foram sete anos de trabalho, ao término dos quais todas as fotos e imagens ficaram prontas. A mostra conta com curadoria de Lélia Wanick Salgado e comporta um total de 205 fotografias inéditas no Brasil.
Abdias Nascimento no MASP
1578 Av. Paulista Bela Vista
Fev 25 - Jun 5
Abdias Nascimento (1914–2011), artista, intelectual, ativista político, dramaturgo, ator, escritor e diretor, que foi uma figura multifacetada e fundamental da história do Brasil ganhará mostra monográfica no MASP. Intitulada Abdias Nascimento: um artista panamefricano, trata-se de uma exposição fundamental em torno de sua produção artística e enfatiza sua contribuição para a pintura brasileira. A mostra reunirá cerca de 60 trabalhos de sua fase mais profícua – desde o início de sua produção em 1968 até o ano de 1998 – e enfatizará o repertório de ideias, cores e formas do movimento pan-africanista, com noções, fontes e imaginário ladino-amefricano – como cunhou Lélia Gonzalez (1935–1994) para se referir à experiência negra na América Latina.
Volpi Popular no MASP
1578 Av. Paulista Bela Vista
Fev 25 - Jun 5
Volpi popular é a terceira de uma série de exposições que o MASP organiza em torno de artistas modernistas brasileiros canônicos do século 20 que empregam referências populares ou vernaculares em seus trabalhos. Em 2016, o MASP organizou Portinari popular e, em 2019, Tarsila popular.
Paulo Nazareth no Pivô
200 Av. Ipiranga República
Vuadora reunirá pela primeira vez em uma instituição brasileira um grande apanhado da produção de Paulo Nazareth, um dos artistas mais importantes de sua geração. A mostra, com curadoria de Fernanda Brenner e Diane Lima, apresentará uma combinação de trabalhos icônicos das últimas duas décadas – como as séries Cadernos de África e a coleção Produtos do Genocídio – e obras especialmente comissionadas para a ocasião.
Portinari Para Todos no MIS SP
158 Av. Europa Jardim Europa
Mar 5 - Jul 10
O MIS Experience trará a maior exposição já realizada no Brasil sobre um dos grandes ícones da arte do século XX: Candido Portinari. A mostra Portinari para todos contará com recursos audiovisuais e sonoros, proporcionando uma experiência imersiva no universo do artista. A exposição integra o calendário oficial de comemorações dos 100 anos da Semana de Arte Moderna de 22, programação especial promovida pelo Governo Paulista. A mostra será dividida em três áreas expositivas; a primeira trará sete instalações interativas para que o público se sinta parte da experiência; a segunda ocorrerá na sala “Portinari Imenso” possibilitando a imersão nas obras, em escala monumental, de forma contemplativa e envolvente; Por fim, o terceiro espaço contextualizará o acervo de Portinari e sua ligação com a cultura e história do país, reiterando a importância da preservação da memória do artista.
MAM SP - Samson Flexor
s/n° Av. Pedro Álvares Cabral Vila Mariana
Jan 22 - Jun 26
O Museu de Arte Moderna de São Paulo recebe a exposição Samson Flexor: além do moderno,  a partir do dia 22 de janeiro de 2022. Conhecido como um dos pioneiros da abstração no Brasil, Flexor participou ativamente do movimento de renovação das artes visuais no país na década de 1950. Sua contribuição para a abstração geométrica é amplamente reconhecida pela crítica. No entanto, seus desenvolvimentos posteriores, caracterizados pela abstração lírica ou informal e pelo retorno à figuração nos seus últimos cinco anos de vida, permanecem pouco conhecidos pelo público. Essa é a primeira exposição que tem como foco o desenvolvimento da obra de Flexor a partir de 1957, quando passa a rejeitar as formas estáticas em pinturas onde gradualmente predominam o gesto, a opacidade e a transparência, de acordo com a curadora Kiki Mazzucchelli.
Rafael Silveira no Farol Santander
24 R. João Brícola Centro Histórico de São Paulo
Mar 25 - Ago 8
Espuma Delirante de Rafael Silveira
Adriana Varejão na Pinacoteca
2 Praça da Luz Luz
Mar 26 - Ago 1
Elementos que rompem a matéria; frestas, cortes, vazamentos trazem um novo significado para os questionamentos sociais, são aspectos do trabalho da artista, em exibição na mostra Adriana Varejão: Suturas, fissuras, ruínas com curadoria de Jochen Volz (diretor geral da Pinacoteca), que acontece na Pinacoteca no período de 26 de março a 1° de agosto.
A São Paulo da Marquesa de Santos: Cumplicidade de um Cenário no Solar da Marquesa de Santos.
136 R. Roberto Símonsen Centro Histórico de São Paulo
Fev 27 - Set 18
Uma mulher à frente do seu tempo, essa é a história de Domitila de Castro Canto e Melo – a Marquesa de Santos (1797-1867), contada na exposição A São Paulo Da Marquesa de Santos: Cumplicidade de um Cenário, com curadoria do historiador Paulo Rezzutti, em exibição no Solar da Marquesa de Santos (Museu da Cidade de São Paulo) no período de 27 de fevereiro de 2021 a 18 de setembro de 2023.
Sonhei em Português! no Museu da Língua Portuguesa
Praça da Luz Luz São Paulo
Nov 12 - Jun 12
“As línguas são diferentes porque refletem ideias, valores, conhecimentos e visões do universo também diferentes entre si. Cada língua é uma visão do cosmo, com seus provérbios, suas sonoridades, seus ritmos e sua poética própria. Cada uma delas organiza a seu modo a experiência do mundo”,
Era uma vez o moderno no Centro Cultural Fiesp
1313 Av. Paulista Cerqueira César
Dez 10 - Mai 29
Pensamentos, esboços e a plasticidade das obras e manuscritos apresentados, ressaltam a importância do movimento modernista no Brasil, a exposição Era uma vez o Moderno [1910-1944], conta com a curadoria de Luiz Armando Bagolin e Fabrício Reiner, foi desenvolvida em uma parceria entre Centro Cultural Fiesp e Instituto de Estudos Brasileiros da Universidade de São Paulo, acontece na galeria central da primeira instituição no período de 10 de dezembro de 2021 a 29 de maio de 2022.  
Esse Extraordinário Mário de Andrade no Museu Afro Brasil
s/n Av. Pedro Álvares Cabral Vila Mariana
Fev 25 - Jun 30
“Devo confessar preliminarmente, que eu não sei o que é belo e nem sei o que é arte”, frase do escritor modernista Mario de Andrade. O Museu Afro Brasil apresenta a exposição Esse Extraordinário Mario de Andrade, em homenagem ao artista, com curadoria de Emanoel Araújo, que acontece no período de 25 de fevereiro a 30 de junho.
Arqueologia Amorosa de São Paulo no Museu Afro Brasil
s/n Av. Pedro Álvares Cabral Vila Mariana
Jan 25 - Jun 30
 
LUGAR-COMUM no MAC
1301 Av. Pedro Álvares Cabral Vila Mariana
Mar 12 - Ago 13
Com a principal premissa de ser uma exposição colaborativa, a mostra LUGAR-COMUM, conta com curadoria de Ana Magalhães, Helouise Costa e Marta Bogéa, e acontece no MAC (Museu de Arte Contemporânea), no período de 12 de março de 2022 a 13 de agosto de 2023.
Marcius Galan no Projeto Parede (MAM-SP)
s/n° Av. Pedro Álvares Cabral Vila Mariana
Jan 22 - Jun 26
Mudanças climáticas, geopolíticas e político-sociais são evidenciadas pela geometria das cores amarela e vermelha na obra “Pintura de Emergência”, do artista Marcius Galane apresentada especialmente para o Projeto Parede no MAM – SP (Museu de Arte Moderna de São Paulo). A instalação pode ser conferida no período que vai de 22 de janeiro a 26 de junho de 2022.
O Colecionador: arte contemporânea e colecionismo na Pinacoteca
66 Largo Galeria Osório Santa Ifigênia
Fev 26 - Ago 15
A mostra coletiva ocupa o espaço expositivo do segundo andar da Estação Pinacoteca.
Luiz Alphonsus na Galeria Jaqueline Martins
443 R. Dr. Cesário Mota Júnior Vila Buarque
Mar 26 - Jun 25
Marcada por transgressões e um olhar político e social além, a exposição do artista Luiz Alphonsus em exibição na Galeria Jaqueline Martins, sob o título Ambiental Enigmático, conta com a curadoria de Pollyana Quintella e acontece no período de 26 de março a 25 de junho.
Leandro Erlich no CCBB
112 R. Álvares Penteado Centro Histórico de São Paulo
Abr 13 - Jun 21
Vai parecer que o CCBB foi reformado, mas é uma exposição. Um conjunto de 16 obras vai transformar os espaços do Centro Cultural Banco do Brasil em São Paulo. Barco e elevador flutuantes, janelas para jardins imaginários e até uma piscina em que o visitante pode ficar submerso sem medo de se afogar fazem parte da mostra de um dos nomes mais provocativos e populares da arte contemporânea, o argentino Leandro Erlich.
A exposição Acolhidos: o percurso da Venezuela à integração no Brasil, depois de passar pelo Centro Cultural Banco do Brasil de Brasília, chega ao CCBB de São Paulo, onde ficará em cartaz até 26 de junho, mês em que se comemora o dia do refugiado. O acervo fotográfico é assinado pelo italiano Antonello Veneri, que cruzou a fronteira com a Venezuela e registrou o trajeto de diversas famílias, desde que chegaram nas cidades de Boa Vista e Pacaraima, em Roraima, passando por outras localidades, como Brasília, no Distrito Federal, Concórdia e Seara, no Oeste catarinense, cidades que receberam grupos de refugiados para atuarem no mercado de trabalho junto à iniciativa privada, até a conquista de sua autonomia definitiva.
Celina Portella no Centro Cultural Fiesp
1313 Av. Paulista Cerqueira César
Mai 25 - Out 30
O Centro Cultural Fiesp (CCF) apresenta em São Paulo a exposição Corpo da Obra, da artista Celina Portella, com curadoria de Ângela Berlinde. 
Tonico Lemos Auad na Galeria Luisa Strina
755 Rua Padre João Manuel Cerqueira César
Mai 5 - Jun 25
A Galeria Luisa Strina tem o prazer de apresentar Desconhecido para o mundo, de Tonico Lemos Auad, sua quarta individual na galeria. Reunindo um conjunto de obras têxteis de parede e esculturas produzidas com madeira de demolição e dormentes de trem reutilizados, a exposição explora as relações desses materiais com a arquitetura e a paisagem. É central, ainda, na obra de Tonico a noção de “reparo”, abordada tanto por meio dos métodos que emprega na execução das obras em tecido (cerzir, amarrar, desfiar) quanto na escolha da madeira de reuso como matéria-prima das esculturas. Outro importante foco de interesse do artista são as práticas e técnicas artesanais passadas através de gerações, como o bordado e o entalhe em madeira ou pedra; muitas delas à beira da extinção no âmbito da economia global. 
Cristina Iglesias na Gagosian
17-19 Davies St London
Mai 14 - Mai 30
A Gagosian apresenta a primeira exposição da escultora espanhola Cristina Iglesias em seu espaço, que conta com peças recentes e novas da artista e coincidirá com a enorme peça da artista comissionada pela Royal Academy of Arts que estará em exibição neste verão no Annenberg Courtyard, na Burlington House.